PROANTAR

O Apoio Logístico na Antártica - Operantar XL

Em apoio à 40ª edição da Operação Antártica (Operantar XL), foi realizada, no Navio de Pesquisa Hidroceanográfico "Vital de Oliveira".

Em apoio à 40ª edição da Operação Antártica (Operantar XL), foi realizada, no Navio de Pesquisa Hidroceanográfico "Vital de Oliveira", a fase embarcada do Curso Expedito de Equipe de Manobra de Helicópteros e Crache a Bordo (C-EXP-EQMAN-A), para equipes do Navio Polar “Almirante Maximiano” e do Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rongel”.

O adestramento integrou a preparação da tripulação que seguirá, no segundo semestre, para o continente gelado.

Instrutores do Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval Almirante José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN) conduziram os exercícios nas proximidades da Ilha Rasa, situada ao largo da entrada da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

Atividades como pousos e decolagens, reabastecimentos verticais (VERTREP) e recolhimentos de material com a aeronave em voo (pick up) foram executadas de modo que os militares estejam aptos a exercerem as ações na Estação Antártica Comandante Ferraz.

A qualificação desses militares é fundamental para a manutenção dos estudos do Continente Antártico. A maior compreensão dos fenômenos ambientais e a influência que exercem sobre o clima possibilitam, por exemplo, perceber a incidência de chuvas e seus impactos no agronegócio, responsável por 25% do PIB do Brasil.

A contribuição da Marinha para apoio logístico e, consequentemente, continuidade da pesquisa na Antártica, vai além de promover o crescimento científico-tecnológico do país, auxiliando também o desenvolvimento econômico e socioambiental nacional.