PROANTAR

Projeto da EACF ganha prêmio de arquitetura

O projeto da EACF é um dos vencedores da 7ª edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel, conforme anúncio feito dia 23 de novembro.

O projeto da Estação Antártica Comandante Ferraz é um dos vencedores da 7ª edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel, conforme anúncio feito dia 23 de novembro.

Após a destruição da estação anterior por um incêndio, em 2012, a Marinha do Brasil convocou o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) para promover um concurso público de arquitetura a fim de selecionar um novo edifício que levasse em consideração não apenas a topografia da Península Keller, mas também as necessidades de preservação das áreas de vida animal e vegetal do seu entorno, dentre outros fatores. Venceu a proposta assinada pelos arquitetos e urbanistas Fábio Henrique Faria, Emerson Jose Vidigal, Eron Costin, João Gabriel de Moura Rosa Cordeiro e Dario Correa Durce.

Desenvolvido pelo escritório curitibano Estúdio 41 e executado pela Marinha do Brasil numa das regiões mais inóspitas do mundo, o projeto arquitetônico contemplou dois edifícios elevados, que abrigam 14 laboratórios, áreas técnicas, operacionais e de convivência, e alojamentos para mais de 60 pessoas, além de outros módulos e laboratórios externos. Os autores do projeto buscaram soluções pautadas na sustentabilidade, contemplando características que permitem menores consumos de combustível fóssil e de água. 

Inaugurada em janeiro deste ano, a nova casa do Brasil na Antártica representa um enorme salto na qualidade das instalações do PROANTAR no Continente Branco, garantindo mais segurança, conforto e melhores condições de trabalho para o Grupo-Base, os pesquisadores científicos e demais expedicionários antárticos.

Considerado o principal jornal estadunidense, o The New York Times publicou, em janeiro deste ano, uma reportagem sobre a EACF e outras estações naquele continente. Veja a matéria na íntegra em: https://www.nytimes.com/2020/01/06/science/antarctica-architecture.html.